Vinicius Jr., do Real Madrid, exige banimento vitalício por abuso racista

Anúncios

Julien Laurens pede que o próximo jogo online doméstico do Atlético de Madrid seja realizado e não use uma multidão depois que os torcedores gritaram cânticos racistas sobre Vinicius Junior durante o clássico de Madri de domingo. (0:42)

O atacante do Real Madrid, Vinicius Jr. Falou sobre os torcedores considerados culpados de abuso racista ainda deveriam ser banidos para sempre de assistir aos jogos.

O estrangeiro brasileiro sofreu abusos em setembro, quando amantes do Atlético de Madrid foram filmados dirigindo cânticos racistas para ele ao ar livre no estádio Wanda Metropolitano, atacante do clássico de Madri.

“Caso você prejudique indivíduos diferentes, você deve pagar”, instruiu Vinicius à TV Globo no domingo.

“Ou não é difícil afirmar que [o racismo no futebol vai acabar com tantas pessoas ainda fazendo isso. Mas eu gosto de aceitar como verdade que existem mais pessoas respeitáveis ​​do que insalubres.

“todos os americanos racistas devem pagar de alguma forma. Se eles gostam de assistir futebol, então esses torcedores do Atlético de Madrid não deveriam nunca mais poder pisar em um estádio novamente.

“para você fazê-los sofrer as consequências e refletir sobre seus movimentos.”

Atlético e LaLiga condenaram o abuso dirigido a Vinicius dentro da construção – tanto quanto a vitória de Madrid por 2 a 1 no derby.

Vinicius Jr. Ser alvo de ofensas racistas frente ao clássico de Madrid em setembro. Fotos de David Ramos/Getty

O Atlético falou que está participando das autoridades para identificar os abusadores que podem ser banidos pela associação.

A Procuradoria de Madri também está investigando o caso.

Pelé, Neymar e outras figuras importantes do Brasil defenderam Vinicius naquela mesma semana depois que um comentarista em uma exibição de futebol espanhol notou que o brasileiro passou a não respeitar mais seus adversários junto com suas comemorações, avaliando seu comportamento com um macaco.

Vinicius postou um emocionante depoimento em vídeo de dois minutos de acordo com o que chamou de insulto “xenófobo e racista”, afirmando que “não vai parar de dançar” e que “a felicidade de um brasileiro negro fazendo sucesso na Europa incomoda” muitos indivíduos.

Madrid divulgou um comunicado apoiando o ancião de 22 anos e observou que eles tomarão medidas criminosas contra o especialista.

Noticias Gerais
Noticias Gerais
A redação do Notícias Gerais é formado por profissionais dedicados que são meticulosos em verificar todas as informações e conteúdos que compartilham. Eles estão comprometidos em manter você sempre bem informado e podem contar com notícias confiáveis e precisas em todas as postagens.